ELE PRECISA COMEÇAR


Um espetáculo sobre o teatro, as operações da imaginação e, no fim das contas, sobre o impulso de realizar aqueles desejos guardados e adiados, os planos suspensos, como abrir um restaurante vegetariano, cantar num karaokê, pintar o cabelo de azul, escrever um livro, ter um filho ou atravessar o Oceano Atlântico num barco a remo.


"Uma roda viva, sem arame de segurança. Um sacode no tédio da dramaturgia contemporânea."
Marcia Zanelatto | Dramaturga

"Momentos de surpreendente beleza que compuseram o enredo, um trabalho de entrega e dedicação ao espectador que foi conduzido a um ritmo certeiro mas alucinante."
Rita Xavier Monteiro | Mais Crítica

"ELE PRECISA COMEÇAR começa com a falsa ideia de um experimento cênico de câmara e agiganta seus espaços (físicos e semânticos) com uma sacolejante explosividade. É como um elefante numa loja de porcelanas – exceto que o elefante canta e dança balé entre as louças, sem jamais derrubá-las."
Rafael Gomes | Cineasta

"Não quer explicar nada e diz tudo dessa nossa arrogância de querer explicar o inexplicável, de querer dar sentido ao turbilhão, de não encarar de frente o olho da morte."
Ricardo Chacal | Escritor

"Autor, ator e personagem se misturam a todo momento, estabelecendo um jogo saboroso entre ficção e realidade, que encanta pela maneira criativa e espontânea com que se desenrola."
Gabriela Mellão | Revista BRAVO!

[EQUIPE]
texto e atuação | Felipe Rocha
direção | Alex Cassal e Felipe Rocha
assistência de direção | Stella Rabello
orientação corporal | Dani Lima
cenário | Aurora dos Campos
iluminação | Tomas Ribas
trilha sonora | Felipe Rocha
foto | Mauro Kury
interlocutores durante a criação | Denise Stutz, Eleonora Fabião, Gustavo Ciríaco, Isabel Teixeira, Rodrigo Nogueira e Thiare Maia
produção | Tatiana Garcias / Bia Lopes
realização | Foguetes Maravilha

[ESTREIA]
Sesc Copacabana | Rio de Janeiro RJ | Setembro, 2008

[DATAS]
Ocupação Sesc Belenzinho | São Paulo SP | 2014
Espaço Alkantara | Lisboa, Portugal | 2012
Galpão Cine-Horto | Belo Horizonte MG | 2012
Rota Gamboa | Rio de Janeiro RJ | 2012
FIAC – Festival Internacional de Artes Cênicas | Salvador BA | 2011
Festival Cena Contemporânea | Brasília DF | 2011
Espaço Cultural Sérgio Porto – Projeto ENTRE | Rio de Janeiro RJ | 2011
Circuito Estadual das Artes | Itaguaí, Teresópolis e Barra Mansa RJ | 2010
Palco Giratório Sesc | Manaus AM | 2010
Palco Giratório Sesc | Salvador BA | 2010
Palco Giratório Sesc | Fortaleza, Iguatu, Sobral e Juazeiro CE | 2010
Palco Giratório Sesc | Brasília DF | 2010
Palco Giratório Sesc | Campo Grande e Dourados MS | 2010
Palco Giratório Sesc | Cuiabá MT | 2010
Palco Giratório Sesc | João Pessoa e Campina Grande PB | 2010
Palco Giratório Sesc | Curitiba e Londrina PR | 2010
Palco Giratório Sesc | Porto Velho RO | 2010
Palco Giratório Sesc | Rio de Janeiro RJ | 2010
Palco Giratório Sesc | Porto Alegre RS | 2010
Palco Giratório Sesc | Florianópolis, Jaraguá, Joinville, Rio do Sul, Lages, Chapecó SC | 2010
Palco Giratório Sesc | São Paulo SP | 2010
Mostra Sesc Cariri de Cultura | Fortaleza, Juazeiro e Crato CE | 2009
FENTEPP – Festival Nacional de Teatro | Presidente Prudente SP | 2009
Mostra Sesc Teatro na Contramão | Rio de Janeiro RJ | 2009
Palco Giratório Sesc | Porto Alegre, Montenegro, Gravataí, Caxias, Farroupilha e Bento Gonçalves RS | 2009
Teatro Sesc Consolação | São Paulo SP | 2009
Teatro Gláucio Gil – Operação Orquestra Improviso | Rio de Janeiro RJ | 2008
Teatro do Jockey | Rio de Janeiro RJ | 2008

[IMPRENSA]
A dramaturgia além do texto-dramático no teatro contemporâneo | CAL Magazine | Rio de Janeiro, 2015 [pdf]
Ocupação Foguetes Maravilha | Programa | São Paulo, 2014 [pdf]
Três viagens e um pára-quedas | Mais Crítica | Portugal, 2012 
Foguetes Maravilha: O mundo é um lugar surreal | Jornal das Letras | Portugal, 2012 
Três montagens da cia. Foguetes Maravilha no Sérgio Porto | Macksen Luiz | Rio de Janeiro, 2011
Dramaturgia da alteridade: conversa com o grupo Foguetes Maravilha | Questão de Crítica | Rio de Janeiro, 2011
Monólogo une ficção e realidade | Estadão | São Paulo, 2009
Ele precisa começar | Opinião e Notícia | Rio de Janeiro, 2009
O real e sua esfera de criação | Questão de Crítica | Rio de Janeiro, 2008
Ele precisa começar: um Felipe infinito | Ricardo Chacal | Rio de Janeiro, 2008

[teaser]
[espetáculo integral]