TOME ISTO AO CORAÇÃO

TEATRO | BRASIL | 2012
Tudo começou com o fim: fim de uma fase, fim de uma história, fim de caso, fim do mundo. Ao longo do processo, a ideia de fim abriu caminho para o tema do desejo e da transformação. Discussões sobre gênero e sexualidade, cenas de comédia-pastelão, depoimentos autobiográficos e clichês cinematográficos emolduram a passagem de um cortejo de suicidas, transformistas e foliões apaixonados.
Esta criação marcou os 14 anos de existência do grupo Dimenti.

 


"O figurino em tom escuro evoca o tal funeral que o próprio espetáculo é, fechamento de uma história. Mas sem perder de vista a linguagem que o grupo constituiu: a desconstrução, o fragmento, a paródia. As referências deslocadas e ressignificadas. A nudez do sonho, desconexa, freudiana. A própria inserção da música dá textura à nostalgia, a tantas possibilidades de adeus, sem cair numa emocionalidade piegas, mas sem perder de vista a emoção que os cortes provocam. TOME ISTO AO CORAÇÃO remonta a história desses artistas adultos, maduros, habilidosos numa linguagem tão própria, tão particular, tão desconstrutora, quanto bem humorada."  
Mônica Santana | Critica Teatral | Salvador

FICHA TÉCNICA
direção e dramaturgia | Alex Cassal
elenco |  Fábio Osório Monteiro, Lia Lordelo, Márcio Nonato, Paula Lice e Vanessa Mello
desenho de luz | Márcio Nonato
colaboração (trilha) | Ronei Jorge
colaboração (figurinos) | Luiz Santana
colaboração (criação) | Saulo Moreira
fotografia | Mayra Lins
direção de produção | Fábio Osório Monteiro
realização | Dimenti

ESTREIA
Teatro do ICBA | Salvador, BA | 15 a 25 de agosto de 2012

APRESENTAÇÕES
Sesc Pelourinho | Salvador, BA | 2012

ESPETÁCULO INTEGRAL